Se seu Chefe saiu da empresa, à partir de agora ele é seu Ex-Chefe, …não “se case com ele”!

Este é um dos males no ambiente corporativo: ou seu Chefe não fica sem você ou você não fica sem ele ou… as duas coisas.
Ao longo de mais de 26 anos de atuação como Head Hunter, tenho vivenciado este tipo de situação que caracteriza atitude, comportamento negativo, cujo resultado pode ser desastroso.
Muitos chamam popularmente de “panela”, “feudo” entre outros mas a grande verdade é que na maioria dos casos, caracteriza insegurança ou até má fé.
- Insegurança pelo fato de que o Chefe não se sente seguro em formar uma nova equipe ou entrar em uma nova equipe. O fato é que ao trazer sua “própria equipe”, em quase todas as vezes, causa mal estar nos que já fazem parte do grupo, na empresa e, fatalmente vai haver um protecionismo em relação ao “Time do Chefe”.
De um modo geral, o funcionário que é habitué em acompanhar o Chefe, fica marcado, carimbado e no futuro, poucas empresas terão confiança em sua contratação: – se eu contratá-lo, amanhã seu Ex-Chefe o chama, ele vai correndo portanto…
- Má fé pelo fato de comportamentos escusos, desvios de caráter e muitos outros e aí, a equipe antiga “dá cobertura”, simplesmente assim.
Dentro de milhares de estudos de Liderança, Relacionamento, Comportamento, Trabalho em Equipe etc…se enfatiza que é fundamental formar, treinar e gerenciar equipe de forma harmônica, participativa onde se trabalha por um objetivo comum, o sucesso da Companhia e, consequentemente o sucesso e bem estar das pessoas portanto, faça seu novo ambiente, adapte-se às pessoas, às novas situações, faça uma “auto-reciclagem”.

Luiz Carlos Cunha

Diretor da C&SA Consultores

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>